8 benefícios para a criança que estuda programação e robótica desde cedo

5 minutos para ler

8 benefícios para a criança que estuda computação e robótica desde cedo

Há por aí uma série de oportunidades de aprendizagem na área de programação e robótica para crianças e adolescentes. Por isso, você já deve ter se perguntado uma vez ou outra sobre quais seriam as vantagens desses cursos para os pequenos. Com o objetivo de eliminar essa possível dúvida, o Blog reúne oito dos principais benefícios que podem ser alcançados, quando se expõe uma criança desde cedo a esse tipo de conhecimento.

Ao iniciar seus estudos sobre a linguagem da programação e conhecimento sobre robótica, a criança aprende, por exemplo, que ao invés de passar o tempo apenas navegando e jogando na Internet, ela pode desenvolver seu próprio game ou mesmo ir além, ou seja, projetar aplicativos eletrônicos. E iniciativas como essas agregam vantagens ao natural desenvolvimento de suas habilidades. Habilidades essas que serão de grande valia no decorrer da vida acadêmica e pessoal de adolescentes e dos pequenos, principalmente.

Confira oito das principais vantagens para o desenvolvimento de habilidades importantes para crianças e adolescentes:

Raciocínio lógico – Desenvolvimento do lado esquerdo do cérebro, o que permite ao sujeito o desenvolvimento do poder de análise e aguçando sua criticidade. Segundo estudos feitos por especialistas, isso ocorre porque a criança aprende a pensar de forma estruturada, na medida em que é ela quem define as ações a serem executadas pelo computador, por meio da utilização de códigos específico.

Desenvolvimento da escrita – Não deve ser novidade para ninguém que ao iniciar o projeto para desenvolver um game, antes a criança precisa pensar e planejá-lo, para definir as diferentes funções e variações necessárias à sua aplicabilidade. Assim, durante o processo de aprendizagem, há toda uma contextualização com o objetivo de construção das ferramentas, bem como da harmonização entre si, para que que funcionem no todo. Para melhor entender, pense no processo de escrita de uma redação por exemplo, no qual as ideias devem ser organizadas e transmitidas em parágrafos de forma fluida e alinhada. Da mesma forma ocorre com as ações e códigos de um game.

Resolução de problemas – No universo virtual, para a construção de todas as ferramentas tecnológicas a serem oferecidas ao usuário, é preciso seguir padrões lógicos. Só assim, a funcionalidade desejada na finalização do produto e/ou objetivo, será alcançada. A eficiência, portanto, está diretamente relacionada ao uso correto de uma sequência de códigos, pois, caso não seja desenvolvida corretamente, o projeto não responderá de acordo. Esse tipo de situação expõe o aluno a necessidade de buscar uma resposta efetiva para que possa concluir o desafio proposto.

Organização de modo geral – Assim como no processo de pensar e planejar as ações para desenvolver uma redação, a organização também é fundamental à construção de um game, aplicativo ou qualquer outra ferramenta tecnológica. Essa aprendizagem beneficiará, com certeza, a vida cotidiana da criança, na qual também há necessidade de organização, com vistas à realização de suas tarefas e atividades, para a melhor estruturação dos seus pensamentos e maneira de estudar.

Trabalho em equipe – Desenvolvimento do espírito de cooperação. Isso mesmo, embora sejam projetos executados individualmente, por ser um exercício de persistência, os alunos tendem – e são estimulados – a compartilhar com os demais colegas seus erros e acertos, o que de certo modo os leva a trabalharem juntos.

Aprendizado de matemática, física e língua inglesa – Os cursos são criados com todo o assessoramento pedagógico necessário. Assim, tanto o material didático como a plataforma de estudo e programação, reúnem recursos capazes de contribuir para melhorar o desempenho do aluno em diferentes disciplinas escolares. Entre elas estão especialmente àquelas com base em raciocínio lógico, como: Matemática, Física e Inglês. Isso acontece pelo fato de os alunos se familiarizarem com números ou novas palavras, além de aprenderem a raciocinar com mais precisão.

Cidadãos digitais – Este item está diretamente relacionado a segurança do seu filho no ambiente virtual. Isso mesmo, além de serem apresentados aos conhecimentos básicos de uma linguagem utilizada em diferentes profissões, inclusive fora do mundo das tecnologias, os alunos aprendem também sobre as armadilhas escondidas na Internet. Os conhecimentos adquiridos lhes permitirão perceber quando estão expostos às ameaças e saberão como se proteger delas.

Além de tudo isso, é importante ter em mente, também, que a programação se refere ao uso de uma linguagem de computação específica, com vistas à criação de um dispositivo a ser executado. Assim e resumidamente, é importante lembrar que o processo e os conceitos da lógica, quando executados por meio de códigos, trazem para a vida os serviços digitais, contribuindo para melhorar a vida das pessoas, ao mesmo tempo que capacita os pequenos para a futura escolha profissional.

As principais linguagens de programação são:
Python
JAVA
Ruby

Ensinar as primeiras linhas de código, no entanto, não requer que as crianças saibam como ler ou escrever essas ou outras linguagens de programação. A ideia é que compreendam a estrutura, lógica de programação e interconexão das tecnologias que lhes permitem jogar ou assistir vídeos, aumentando, também, o interesse pela tecnologia.

Você também pode gostar